(11) 97186-2016
img

A dor crônica é uma patologia que provoca o maior número de afastamentos do trabalho no país

img

Ainda há escassez de profissionais especializados no tratamento de quadros álgicos crônicos

img

Dentre os profissionais especializados as principais dificuldades estão:

• Em manejar a dor e a adesão do paciente ao tratamento proposto
• Dificuldades de comunicação e relacionamento profissional – paciente e familiar

img

Transtornos de humor como a ansiedade e depressão podem desencadear ou agravar processos dolorosos

Para profissionais da saúde

• Cursos de aprimoramento e atualização para profissionais da área da saúde com a finalidade de melhorar a qualidade da assistência prestada aos pacientes crônicos
• Supervisões clínicas para profissionais que atendem pacientes com Dores Crônicas individualmente ou em grupos
• Capacitações voltadas para psicólogos

Para pacientes com doenças crônicas e familiares/cuidadores

• Atendimento psicológico individual e em grupo para familiares, cuidadores e pacientes com diagnóstico de Dores Crônicas
• Grupos educativos voltados para pacientes com Doenças Crônicas com o objetivo de melhorar a adesão e prevenir agravamento do quadro clínico
• Orientações para familiares

Para empresas

• Serviços personalizados de consultoria para empresas que buscam diminuir o número de afastamento de seus colaboradores
• Cursos e Workshops para prevenção de dores crônicas – capacitação para profissionais ou funcionários

Próximos Cursos

img
Workshop 19/08 - 8:30 as 18:30

O papel da comunicação na clínica de dor.

Objetivo: facilitar o trabalho de profissionais da área da saúde que atendem pacientes com dores crônicas auxiliando-os no reconhecimento de diferentes dinâmicas psicológicas e na aprendizagem de estratégias para favorecer a adesão aos tratamentos indicados.
Público-alvo: médicos, psicólogos, fisioterapeutas, profissionais de educação física, enfermeiros e outros profissionais da área da saúde que atendem pacientes com dores crônicas ou com baixa adesão ao tratamento.
Local: Centro de Funcionalidade e Dor - Av. Arnolfo de Azevedo,70 - Pacaembu, São Paulo
Coordenação: Adrianna Loduca

Nossos livros

img

Retratos de dor

O Retrato da Dor é um recurso projetivo que a nossa equipe tem utilizado com frequência. No momento, estamos desenvolvendo um estudo com 150 doentes com dores crônicas que tem por objetivo adaptar o material para facilitar a sua utilização por todos os profissionais da área da saúde.

Baixar Download Bajar

Mídia

Sobre a TAPsi

A TAPsi - Treinamento e Assistência Psicológica - foi criada em 2003 com o objetivo de desenvolver cursos, prestar assistência a pessoas com doenças crônicas e capacitar psicólogos e outros profissionais da saúde para trabalharem na área hospitalar.

Seus fundadores reuniram suas experiências procurando preencher lacunas que observaram que existiam tanto na assistência prestada quanto na formação e treinamento de profissionais para atuarem na área da saúde.

O processo de formação da equipe de psicólogos da TAPsi teve muitas etapas para atingir a sua maturidade. Atualmente, nossa equipe esta integrada e dispõe de profissionais competentes para realizar atendimentos psicológicos, ministrar aulas e capacitar profissionais. Estamos envolvidos em novas pesquisas e desenvolvendo artigos científicos e continuamente sistematizando conteúdos para a comunidade acadêmica.

img

Quem somos

teacher img

Adrianna Loduca

Fundadora Doutora em Psicologia Clinica, docente do curso de Psicologia da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da PUC-SP, coordenadora de equipe de psicólogos colaboradores no grupo de Dor do IOT HC-FMUSP, membro da Sociedade Brasileira para Estudos da Dor (SBED) e Associação Internacional para Estudos da Dor (IASP), possui mais de 20 anos de experiência clínica e, em pesquisa, na área da saúde.

Iniciou sua experiência na área de dor crônica em 1992 atendendo a população de um hospital geral em uma época na qual não existia literatura nacional sobre a temática da dor.

O trabalho de assistir pessoas que sofriam com dores crônicas a impulsionou a procurar informações que pudessem ajudar essa população. Por isso em 1994 foi para Liverpool, Inglaterra, conhecer programas psicoeducativos de dor realizados para minimizar o sofrimento daqueles que se sentiam incapacitados pelo quadro álgico crônico.

Logo após o retorno desta experiência internacional procurou adaptar os programas aprendidos à realidade da população brasileira, e desenvolveu programas educativos interdisciplinares para pessoas com dores crônicas de diversas etiologias em ambulatórios de Dor, inicialmente na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e no Hospital Novo Atibaia e,

posteriormente no grupo de Dor do IOT do Hospital das Clínicas de São Paulo (HC).

Aos poucos, outros psicólogos começaram a trabalhar em conjunto e a trajetória de conhecimento construído foi sendo validada por outros colegas, e com isso cresceu a necessidade de solidificar as experiências adquiridas na prática e sistematiza-las cientificamente, desenvolvendo assim seu mestrado, doutorado e posteriormente pesquisas inovadoras na área.

Paralelamente a clínica, ao hospital e às pesquisas realizadas foi convidada a ser professora da graduação do curso de psicologia da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde leciona para alunos do primeiro ao último ano e também tem a possibilidade de capacitar e treinar estudantes para realizar atendimentos em grupos educativos interdisciplinares.

Assim, ao longo desses 24 anos acumulou experiências para atendimento de excelência voltado à pacientes e treinamento de profissionais da área da saúde.

teacher img

Alessandra Spedo Focosi

Psicóloga e Bacharel em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC SP, 2011). Mestre em Psicologia Clínica pela Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC SP, 2014) com bolsa CAPES.

Extensão Universitária na Modalidade de Aperfeiçoamento em Avaliação e Tratamento Interdisciplinar de Dor pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP, 2015). Especialização em Psicodrama (em andamento) pela Escola Paulista de Psicodrama. Desde 2011 é psicóloga colaboradora no Centro de Dor do Hospital da Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em: psicologia da saúde, psicologia hospitalar, assistência, equipe multidisciplinar, dor crônica, saúde e internet, programas psicoeducativos na área da dor, treinamento de profissionais da área da saúde com foco no fortalecimento de recursos de enfrentamento e suporte emocional, assim como na adesão a tratamentos interdisciplinares.

teacher img

Barbara Maria Müller

Psicóloga, Bacharel e Licenciatura em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP, 2007). Especialista em Dor Crônica pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP, 2007). Especialização em Psicodrama (em andamento) pela Escola Paulista de Psicodrama.

Desde 2010 é Analista do Seguro Social com formação em Psicologia no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), atuando na área de Reabilitação Profissional e Treinamentos. Desde 2007 é psicóloga colaboradora no Centro de Dor do Hospital da Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em: psicologia da saúde, psicologia hospitalar, assistência, equipe multidisciplinar, dor crônica, programas psicoeducativos na área da dor, treinamento de profissionais da área da saúde com foco no fortalecimento de recursos de enfrentamento e suporte emocional, assim como na adesão a tratamentos interdisciplinares. Tesoureira da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) durante a gestão 2015.

Parcerias

Desde sua fundação, a TAPsi realiza supervisões de psicólogos que trabalham em hospitais, bem como em clínicas particulares, especialmente àqueles que trabalham com adoecimento crônico

Hospital São Luís

Do ano 2001 à 2007 foi desenvolvido o Curso de Extensão e Aprimoramento na área da psicologia hospitalar.

Centro de Funcionalidade e Dor (CFDOR)

Avaliações de pacientes com diagnóstico de dores crônicas de diversas etiologias, além de intervenções individuais ou realizadas em grupos (educativos interdisciplinares e/ou psicoterápicos). Realização de cursos de capacitação de profissionais da área da saúde.

Albert Einstein

Ministram aulas no curso de Pós-graduação Lato Sensu em Dor no Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein desde 2011 até o presente momento, no qual são abordados temas relacionados à avaliação, intervenção e discussão de casos clínicos sob o ponto de vista da abordagem psicológica.

FMUSP

Ministram aulas no curso de Avaliação e Tratamento Interdisciplinar de Dor do Centro de Dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Participação na organização e coordenação do curso desde 2004, além de ser responsável por disseminar conhecimentos relativos à área da psicologia e discussão de casos clínicos com intuito de melhorar a relação profissional de saúde-paciente e com isso aumentar a adesão dos pacientes aos tratamentos propostos.

Grupo de Dor do Hospital das Clinicas

Desde o ano 2000 até os dias atuais são realizadas avaliações de pacientes com diagnóstico de dores crônicas de diversas etiologias, além de intervenções individuais ou realizadas em grupos (educativos interdisciplinares e/ou psicoterápicos). Coordenação da equipe de psicólogos colaboradores do Grupo de Dor do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.